Desporto

Antigo internacional alemão doa camisola de Maradona usada na final do Mundial de 86

Antigo internacional alemão doa camisola de Maradona usada na final do Mundial de 86
Paul White
Lothar Matthäus entregou a camisola ao projeto Legends.

O antigo futebolista alemão Lothar Matthäus entregou esta quinta-feira à Legends, a maior coleção de objetos de futebol, a camisola '10' com que Diego Maradona disputou a final do Mundial México1986, que a Argentina venceu por 3-2.

"Esta relíquia é muito importante e vai ficar perfeita neste museu. Diego Maradona era único e não foi apenas uma lenda do futebol, era também um grande amigo. É um orgulho estar aqui", disse Matthäus, na cerimónia de entrega da camisola, que decorreu na embaixada da Argentina em Madrid.

Lothar Matthäus, titular na final disputada entre a Alemanha e Argentina, em 29 de junho de 1986, no estádio Azteca, garantiu ter sido uma "honra" jogar contra Maradona.

"Foi sempre uma honra jogar contra ele. Era, sem dúvida, o melhor, não só como jogador, mas também como pessoa. É uma pena que não esteja aquí connosco, mas o Diego vai estar sempre presente nos nossos corações, e agora também neste museu", afirmou o antigo jogador.

O projeto Legends, desenvolvido pelo argentino Marcelo Ordás, vai em breve abrir um museu em Madrid, com mais de 4.200 metros quadrados, nos quais estarão expostos cerca de 4.000 objetos ligados à história do futebol.

"Hoje, une-nos a história de duas lendas, uma aqui presente, Matthäus, e outra presente nos nossos corações, Diego Armando Maradona", disse Ordás, acrescentando: "Num mundo tão materialista é importante destacar a generosidade do gesto de oferecer este património à Legends".

Diego Armando Maradona, que somou 91 internacionalizações e 34 golos pela Argentina, morreu em 25 de novembro de 2020, aos 60 anos, após sofrer uma paragem cardíaca na sua vivenda em Tigre, na província de Buenos Aires. A carreira de Maradona enquanto futebolista, de 1976 a 1997, ficou marcada pela conquista do Mundial1986, ao serviço da Argentina, e por dois títulos italianos e uma Taça UEFA pelo Nápoles, emblema pelo qual alinhou de 1984 a 1991.

Últimas Notícias
Mais Vistos