Desporto

Pedro Proença admite que casos de insultos nos estádios mancham o futebol português

Loading...
A Liga de Clubes abre um inquérito aos acontecimentos.

O presidente da Liga de Clubes, Pedro Proença, defende que o combate à intolerância, racismo e xenofobia deve ser permanente. O conselho de disciplina ordenou a abertura de um inquérito ao que aconteceu no jogo entre o Estoril e o FC Porto.

Em causa estão insultos dirigidos a um homem, com uma criança ao colo, ambos com camisolas do FC Porto, que terão sido cuspidos, enquanto se encontravam numa zona da bancada destinada aos adeptos anfitriões, que podem ser punidos com coimas entre os 1.000 e os 10.000 euros e com pena de interdição de acesso a recintos desportivos.

Os adeptos envolvidos já foram identificados e Pedro Proença admite que os casos de insultos recentes mancham a imagem do futebol português.

O caso mereceu o repúdio do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Correia, que prometeu a ação da APCVD, do presidente da LPFP, Pedro Proença, e do próprio Estoril Praia.

Esta reportagem é da autoria do jornalista Rui Miguel Guimarães.

Últimas Notícias
Mais Vistos