Desporto

Futebolista Pablo Marí teve alta hospitalar após ataque em hipermercado

Futebolista Pablo Marí teve alta hospitalar após ataque em hipermercado
Rui Vieira/AP

Jogador do Arsenal era um dos feridos do esfaqueamento em centro comercial

O futebolista espanhol Pablo Marí, esfaqueado nas costas na quinta-feira num hipermercado nos arredores de Milão, Itália, recebeu este domingo alta hospitalar, depois de ter sido operado, informou o Monza, clube ao qual está emprestado pelo Arsenal.

Em comunicado, o Monza refere que Pablo Marí, que foi submetido a uma cirurgia para reparar o rompimento de dois músculos, "voltou para casa e deverá agora iniciar um período de repouso", embora sem abordar o período em que o jogador ficará de fora dos relvados.

Marí entrou no hospital na quinta-feira à tarde, consciente e capaz de falar, depois de ser uma das vítimas de um ataque num hipermercado em Assago, nos arredores de Milão, quando um homem, com distúrbios psiquiátricos, atacou com uma faca várias pessoas.

Do ataque resultaram um morto, um funcionário do supermercado, e quatro pessoas feridas com alguma gravidade, tendo os carabinieri (polícia italiana) detido um italiano de 46 anos, o alegado atacante, que sofre de distúrbios psiquiátricos.

Últimas Notícias
Mais Vistos