Desporto

Benfica vence Braga e isola-se na liderança da I Liga feminina

O Benfica qualificou-se hoje pelo segundo ano consecutivo para a fase de grupos da Liga dos Campeões feminina de futebol.
O Benfica qualificou-se hoje pelo segundo ano consecutivo para a fase de grupos da Liga dos Campeões feminina de futebol.
MIGUEL A. LOPES

Partida opôs as duas únicas equipas que se encontravam 100% vitoriosas no campeonato.

O Benfica venceu esta segunda-feira o Sporting de Braga por 3-0, em jogo da sétima jornada da I Liga de futebol feminino, e isolou-se no comando da classificação com sete vitórias noutros tantos encontros disputados na época 2022/23.

O encontro colocava frente a frente as únicas duas equipas 100% vitoriosas no campeonato, mas as 'encarnadas' mostraram desde cedo muito mais ritmo e acabaram por não precisar de 'forçar' para levarem de vencida as rivais, com golos de Nycole Raysla (quatro minutos), Ana Vitória (20) e Cloé Lacasse (71).

É certo que o Benfica foi feliz na forma como se adiantou, logo aos quatro minutos, quando a guarda-redes bracarense aliviou a bola contra o rosto de uma colega de equipa e o ressalto sobrou, dentro da grande área, para Nycole Raysla, que só teve de empurrar para a baliza deserta.

Mas a diferença de 'andamento' entre as duas equipas na primeira parte foi muito mais evidente do que o resultado ao intervalo permite perceber, após um bom golo de Ana Vitória, num remate no 'coração' da área, sem deixar a bola cair no chão, dando o melhor seguimento a um cruzamento de Valéria no lado direito do ataque.

O técnico dos minhotos tentou reagir, com três substituições ao intervalo, e as visitantes subiram ligeiramente de produção no início do segundo tempo, mas não conseguiram mais do que uma oportunidade de Beatriz Fonseca (68), à qual a guarda-redes 'encarnada', Ruta Costa, se opôs com segurança.

A maior posse de bola do Sporting de Braga era, no entanto, consentida intencionalmente pelo Benfica, que 'matou' definitivamente o jogo por Cloé Lacasse (71), assistida de trivela por Lúcia Alves, numa transição rápida para o ataque.

Benfica isola-se na liderança

Com este resultado, o Benfica isolou-se na liderança da I Liga de futebol, com 21 pontos, mais três do que o Sporting de Braga, mais cinco do que o Damaiense e mais oito do que o Sporting, que nesta ronda voltou a atrasar-se com um empate 1-1 na visita ao Famalicão.

Jogo no Benfica Futebol Campus, no Seixal

Benfica - Sporting de Braga, 3-0. Ao intervalo: 2-0.

Marcadoras:

  • 1-0, Nycole Raysla, 04 minutos
  • 2-0, Ana Vitória, 20 minutos
  • 3-0, Cloé Lacasse, 71 minutos

Equipas:

Benfica:

Rute Costa, Sílvia Rebelo, Carole Costa, Lúcia Alves, Pauleta, Christy Ucheibe, Kika Nazareth (Andreia Faria, 69), Ana Vitória (Maria Negrão, 79), Valéria Cantuário (Catarina Amado, 62), Cloé Lacasse (Daniela Silva, 79) e Nycole Raysla (Marta Cintra, 62).(Suplentes: Katelin Talbert, Ana Seiça, Andreia Faria, Marta Cintra, Maria Negrão, Andreia Norton, Catarina Amado, Daniela Silva e Jéssica Silva).

Treinador: Filipa Patão.- Sporting de

Braga:

Patrícia Morais, Beatriz Rodrigues, Anouk Dekker (Paula Fernandes, 81), Leah Lewis, Marie Awona (Paige Almendariz, 46), Dolores Silva, Nicole Nunes (Tânia Rodrigues, 46), Vanessa Marques, Carolina Mendes (Joline Amani, 81), Caroline Kehrer (Beatriz Fonseca, 46) e Vitória Almeida.(Suplentes: Lu Pinheiro, Paige Almendariz, Laura Luís, Joline Amani, Catarina Pereira, Tânia Rodrigues, Beatriz Fonseca, Laura Casanovas e Paula Fernandes).

Treinador: Gonçalo Nunes.

Árbitra: Sandra Bastos (AF Aveiro).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Vitória Almeida (35), Paige Almendariz (56), Carole Costa (60).

Assistência: Cerca de 200 espetadores.

Últimas Notícias
Mais Vistos