Desporto

Roger Schmidt admite que a decisão sobre quem joga também é do próprio jogador

Loading...

O treinador dos "encarnados" disse estar contente com a qualidade do plantel e que isso deveria ser apenas uma motivação extra para os seus jogadores.

Roger Schmidt foi questionado sobre a falta de espaço no plantel do Benfica para Draxler, jogador emprestado pelo Paris Saint-Germain, depois das recentes contratações de Tengstedt, Schjelderup e Gonçalo Guedes.

O técnico dos encarnados considera que a concorrência deve ser vista como uma motivação e surpreendeu ao dizer que a decisão sobre quem joga não é apenas do treinador e sim do próprio jogador.

Gonçalo Guedes foi anunciado hoje de madrugada no Sport Lisboa e Benfica, a título de empréstimo pelo Wolverhampton. O jogador de 26 anos atua como extremo e poderá ser um dos que ocupará o lugar de Draxler.

Já Casper Tengstedt, o dinamarquês também contratado neste mercado de inverno, também joga como extremo e avançado, suscitando dúvidas sobre o rendimento do jogador proveniente do Paris Saint-Germain.

Por fim, os “encarnados” contrataram um jovem norueguês, Andreas Schjelderup, que se prevê que seja uma promessa pela sua liderança de melhor marcador na liga dinamarquesa.

O Benfica vai jogar amanhã às 18:00 nos Açores contra o Santa Clara, que se encontra em antepenúltimo na tabela de classificações.

Últimas Notícias