Economia

Mais de 6.400 queixas feitas contra companhias aéreas em 2016

Rafael Marchante

A Autoridade Nacional da Aviação Civil recebeu mais de 6.400 queixas contra companhias aéreas, em 2016. A TAP e a SATA Air Açores estão no topo da lista.

A notícia é avançada pelo Jornal de Notícias, que adianta ainda que a maioria das reclamações está relacionada com atrasos, cancelamentos de voos e recusa de embarque por overbooking.

Nestes casos, as indemnizações variam entre os 125 e os 600 euros. No entanto, a maioria dos passageiros acaba por não formalizar a queixa.

Segundo o jornal, a empresa AirHelp diz que a burocracia e demora na resposta das transportadoras, bem como desconhecimento de direitos levam muitos passageiros a desistir de reclamar.

A AirHelp calcula que, por causa disso, as companhias aéreas tenham poupado pelo menos 200 milhões de euros, só me Portugal.

  • 100 mortes e 5.170 casos de Covid-19 em Portugal

    Coronavírus

    O número de óbitos subiu de 76 para 100 em relação ao último balanço da DGS, enquanto o número de infetados aumentou de 4.268 para 5.170, mais 902 em relação a ontem. A região Norte continua a ser a mais afetada. A ministra da Saúde diz que a incidência máxima da doença deve acontecer no final de maio. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia de Covid-19.

    Direto

    SIC Notícias