Economia

PT acusada de assédio e pressão sobre os trabalhadores

Tiago Petinga/LUSA

A Autoridade para as condições de trabalho acusa a PT de assédio e pressão sobre os trabalhadores. Em causa mais de uma centena de infrações detetadas entre janeiro e junho. A Altice, dona da PT incorre numa multa entre 1,5 e 4,8 milhões de euros.

O jornal Público, que cita o relatório das inspeções da ACT dá conta de incumprimentos relacionados com a sinalização de centenas de trabalhadores sem ocupação efetiva.

Destaca ainda a existência de comportamentos humilhantes com potencial para causar danos na integridade moral dos trabalhadores.

Já em relação às denúncias dos sindicatos que acusam a PT de recorrer à transferência dos trabalhadores para promover um despedimento coletivo, a Inspeção do Trabalho aconselha os trabalhadores a apresentar queixas formais junto dos tribunais.

Terça-feira, o relatório é analisado pelos sindicatos e pela comissão dos trabalhadores.

  • Aldeia de Roberto Leal recebe notícia da morte com consternação
    2:02