Economia

CTT vão despedir 800 trabalhadores em três anos

CTT vão despedir 800 trabalhadores em três anos

Os CTT vão cortar 800 postos de trabalho em três anos, fechar lojas e reduzir salários incluindo os da administração. A empresa quer ter mais 45 milhões de euros nos resultados operacionais a partir de 2020. O BE já afirmou que quer travar o processo de redução de trabalhadores.

  • A importância dos CTT na vida das pessoas e das empresas
    2:20

    Economia

    Os correios continuam a desempenhar um papel importante na vida das pessoas e das empresas. Sobretudo nos meios mais pequenos do interior do país, o serviço postal é de vital importância para pagamento de reformas e circulação de encomendas embora haja quem se queixe da sua regularidade.

  • Greve nos CTT até ao final da semana

    Economia

    Os trabalhadores dos Correios vão estar em greve quinta e sexta-feira por melhores condições e pela manutenção dos empregos, depois de ontem a empresa ter anunciado a redução de 800 postos de trabalho.

  • "A queda é mais acentuada do que se previa" nos CTT
    8:46

    Opinião

    André Veríssimo, diretor do Jornal de Negócios, esteve na Edição da Noite para analisar o plano de contenção dos CTT que prevê a saída de 800 trabalhadores nos próximos três anos. Para André Veríssimo "a queda é mais acentuada do que se previa" nas receitas, sendo a empresa "forçada a ajustar a sua estrutura" a uma nova realidade.

  • "Nenhum português deve estar confortável" com o novo plano dos CTT
    3:05

    Opinião

    Os CTT anunciaram esta terça-feira a redução de cerca de 800 pessoas, o corte de salários, incluindo os da administração, e o encerramento de balcões. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite para analisar o caso e considerou que os CTT são uma empresa que "depois da privatização só quer lucros para o acionista". O diretor-adjunto de Informação da SIC disse ainda que deviam ser exigidas explicações sobre o caso.

  • Doente deitada no chão do hospital?
    2:20