Economia

Presidente dos CTT recusa despedimento coletivo

Presidente dos CTT recusa despedimento coletivo

O Presidente dos CTT recusa que a empresa esteja perante um despedimento colectivo. Francisco Lacerda foi ouvido na Assembleia da República, no mesmo dia que os Sindicatos e a Comissão de Trabalhadores dos Correios. O Presidente da empresa foi acusado de desmantelar a empresa com a saída de 800 trabalhadores, mas recusou que os serviços fiquem postos em causa.