Economia

Funcionários dos super e hipermercados em greve até domingo

Funcionários dos super e hipermercados em greve até domingo

A jornalista da SIC, Catarina Lázaro, está junto ao centro de logística da Sonae onde cerca de três dezenas de profissionais se concentram para reivinidicar melhores salários.


Os trabalhadores dos armazéns dos super e hipermercados iniciam hoje uma greve de três dias a que se juntará o pessoal das lojas no sábado e no domingo.

A paralisação foi convocada pelos sindicatos da CGTP e tem como objetivo pressionar a Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição a evoluir na negociação do contrato coletivo do setor para que se concretizem aumentos salariais, alterações de carreira e regulamentação dos horários de trabalho.

As companhias associadas da APED empregam 111 mil trabalhadores. Apesar da greve, as empresas preveem o funcionamento normal de todos os estabelecimentos.

  • Trabalhadores da Sonae reivindicam aumentos salariais e progressão nas carreiras
    0:37

    País

    Cerca de 30 trabalhadores concentraram-se esta sexta-feira no exterior do centro de logística da Sonae. Marisa Ribeiro, do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal, disse que os trabalhadores estavam ali para reivindicar aumentos salariais, progressão nas carreiras e regulamentação dos horários de trabalho.

  • Trabalhadores dos super e hipermercados em greve no Natal

    Economia

    Os trabalhadores dos super e hipermercados, grandes superfícies especializadas, armazéns e logística vão estar em greve a partir de sexta-feira, até ao Natal. A paralisação de três dias abrange os trabalhadores do grupos Jerónimo Martins, SONAE, Dia/Minipreço e Lidl.

  • As novas tabelas da ADSE
    2:35