Economia

Tesouro quer fazer novo reembolso antecipado ao FMI

Johannes Christo

Portugal vai aos mercados na próxima quarta-feira para se financiar em 1.250 milhões de euros. O dinheiro servirá para fazer um novo reembolso antecipado FMI.

Com esta emissão de obrigações a 5 e a 10 anos, fica fechado o financiamento total que o pais precisa para este ano.

O secretário de Estado Adjunto das Finanças, Mourinho Félix, já tinha sinalizado que o tesouro pretendia pagar antecipadamente mais dois mil milhões de euros ao FMI até ao final do ano.

Portugal ainda deve ao fundo 4.600 milhões de euros.