Economia

Portugal entre os países da UE com menor crescimento salarial

Custos do trabalho no terceiro trimestre

Portugal está entre os países da União Europeia onde os salários menos subiram, no terceiro trimestre do ano.

Publicados esta sexta-feira pelo gabinete europeu de estatística, os dados revelam que os custos salariais por cada hora de trabalho cresceram apenas 1,9%, face ao mesmo período do ano passado.

Na média dos países da zona euro, a subida foi de 2,4% e de 2,7% na União Europeia. Além dos salários bases, estão incluídos nestes cálculos bónus e ajudas de custo.

Quanto ao custo total da mão-de-obra, que inclui também as contribuições e impostos pagos pelos empregadores, subiu 1,5% em Portugal. Esta é a segunda subida mais fraca entre os 28 países da UE.