Economia

CDS quer que Governo envie acordo com ANA sobre aeroporto do Montijo ao Parlamento

A ANA - Aeroportos de Portugal e o Estado assinaram na terça-feira o acordo para a expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa.

O CDS-PP pediu hoje ao Governo que dê ao parlamento, com caráter de urgência, o acordo assinado na terça-feira com a ANA - Aeroportos de Portugal para a construção do novo aeroporto do Montijo.

Para o CDS, é "fundamental que, numa atitude de transparência", seja conhecido o "acordo alcançado", lê-se no requerimento enviado ao Ministério do Planeamento e das Infraestruturas através da Assembleia da República.

Os centristas alegam que, até ao momento, não foram revelados "pormenores sobre as responsabilidades de cada parte, particularmente no que respeita aos custos de transferência parcial da base militar, ou pormenores sobre a responsabilidade financeira referente ao desenvolvimento de outras infraestruturas que servem o novo aeroporto", acrescenta o CDS.

A ANA - Aeroportos de Portugal e o Estado assinaram na terça-feira o acordo para a expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa, que prevê um investimento de 1,15 mil milhões de euros até 2028.

Este valor inclui a extensão do atual aeroporto de Lisboa e a transformação da base aérea do Montijo, cujo início de funcionamento está previsto para 2022.Para o primeiro ano de funcionamento do novo aeroporto estão previstos sete milhões de passageiros.

Lusa

  • Minutos salva-vidas
    20:48