Economia

Startup portuguesa quer ser a "Uber” das malas de viagem

Mario Anzuoni

A LUUgit venceu um concurso em Coimbra.

A 'startup' LUUgit, que pretende ser um serviço de transporte e armazenamento de malas de viagem, venceu esta quarta-feira, em Coimbra, o programa de aceleração Newton, promovido pela Rede de Incubadoras de Empresas da Região Centro (RIERC).

A 'startup', fundada em Aveiro, pretende resolver o problema dos turistas no transporte e armazenamento das malas de viagem antes do 'check in' em hotéis, funcionando como uma espécie de 'Uber', baseada na economia de partilha, explicou o cofundador Ricardo Figueiredo, proprietário de um 'hostel', durante a sessão de apresentação das 13 ideias finalistas do programa de aceleração Newton, ligado ao setor do turismo.

Por vezes, notou, os turistas, até fazerem o 'check in' ou depois de fazerem o 'check out', têm que andar com as malas de viagem ou deixarem-nas em cacifos disponibilizados em estações de comboio ou aeroportos.

Com este serviço, que deve ser lançado em abril, o turista apenas tem que chamar "um condutor, que vai buscar a sua bagagem e entregar-lha no local e hora que pretende", com a definição do preço na aplicação, referiu, explicando que qualquer pessoa que conduz um veículo pode associar-se ao serviço.

"É uma redefinição total da mobilidade em contexto de viagem", sublinhou Ricardo Figueiredo, referindo ainda que, a partir do momento em que é deixada a mala junto do condutor, o turista, através da aplicação, sabe onde a mala está e para onde vai. Em segundo lugar, neste programa de aceleração, ficou o ExperTree, um projeto de arborismo, em terceiro lugar o Gravity F, um projeto de luge cart (uma espécie de carrinho de rolamentos) em Fajão, na Pampilhosa da Serra, e com uma menção honrosa a ideia de construção de um reptilário.

O vencedor recebe três mil euros, o segundo classificado 1.500 euros, o terceiro 1.000 euros e a menção honrosa 500 euros.

Antes da apresentação hoje das ideias a uma plateia de potenciais investidores e da atribuição dos prémios, o programa contou com nove semanas de aprendizagem para as 13 'startups' que chegaram à fase final da segunda edição deste programa de aceleração.

O programa Newton, promovido pela RIERC, é apoiado pelo Turismo de Portugal, pretendendo incentivar à inovação no setor na região Centro.

As 13 ideias de negócio selecionadas, além de apoio no desenvolvimento de produto e definição do negócio, tiveram também uma ajuda, cada, de até 2.000 euros para realização de protótipo e validação no terreno.
JYGA

Lusa

  • De potência nacional a problema ambiental
    13:27