Economia

Novo Banco garante que só declarou imparidades adequadas

Pedro Nunes

"São facilmente comprováveis e auditáveis", garantiu a administração do banco.

O Novo Banco garante que não declarou imparidades a mais ou desnecessárias, em 2018.

A resposta do banco chega depois das críticas que têm sido feitas ao valor elevado de imparidades que o Novo Banco registou no ano passado e que fez com que o valor a pedir ao Fundo de Resolução este ano fosse tão alto: 1.149 milhões de euros.

À Lusa, o banco esclarece que as imparidades constituídas são as adequadas para fazer face às perdas em créditos malparados, acrescentando ainda que são facilmente comprováveis e auditáveis.

  • Quando a doença mental não deixa ter uma atividade profissional
    0:51