Economia

Carga fiscal cresce para 35,4% do PIB em 2018 e atinge novo recorde

A carga fiscal aumentou 6,5% em 2018 face ao ano anterior, representando 35,4% do Produto Interno Bruto (PIB) e atingindo o valor mais alto desde 1995, o início da série, segundo dados divulgados hoje pelo INE.

Nas Estatísticas das Receitas Fiscais, o Instituto Nacional de Estatística (INE) refere que a receita dos impostos e das contribuições sociais efetivas atingiu no ano passado os 71,4 mil milhões de euros (mais 4,3 mil milhões de euros que em 2017), crescendo 6,5% em termos nominais, após o aumento de 5,3%, para 34,4% em 2017.


"O crescimento nominal da carga fiscal em 2018 superou o do PIB [Produto Interno Bruto, que foi de 3,6%] , determinando um aumento da carga fiscal em percentagem do PIB em 1,0 pontos percentuais, para 35,4%", lê-se no destaque do instituto estatístico.

Lusa

  • Depressão é a doença mental mais frequente no país e afeta cerca de 400 mil portugueses
    3:23
  • Carro de Santana Lopes não tinha seguro?
    1:44