Economia

Motoristas de matérias perigosas desmarcam greve após "acordo histórico"

Motoristas de matérias perigosas desmarcam greve após "acordo histórico"

O salário dos motoristas vai subir para 1.400 euros em 2020.

A greve marcada pelo Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas para dia 23 foi desconvocada, depois de uma reunião com o Governo e a ATRAM.

O sindicato fala num "acordo histórico", após ficar acordado que o salário base vai subir para os 1.400 euros e que os trabalhadores vão descansar aos domingos e feriados.

  • Minutos salva-vidas
    20:48