Economia

"No que depender do Governo, rede Multibanco vai continuar gratuita para os portugueses"

Fernando Alvarado

Garantida do ministro das Finanças, Mário Centeno.

O governante falava na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, no Fórum Financeiro Outlook 2019 "Portugal - De aqui para onde?".

"Nos últimos anos, o acesso 'online' aos serviços bancários tornou-se mais comum, enquanto forma de relacionamento dos clientes com os seus bancos, assim como o recurso a caixas automáticas. Se, por um lado, os bancos devem prestar serviços de qualidade, com comissões acessíveis a quem não acompanha a era digital, por outro lado, a rede de caixas automáticas, no que depender do Governo, vai continuar gratuita para os portugueses", disse.

Numa conferência no início do mês, os presidentes executivos do BCP, BPI, Caixa Geral de Depósitos (CGD) e Novo Banco defenderam que o multibanco deve ou ser pago ou ter critérios uniformes em toda a zona euro.

  • Ameaça de taxa sobre levantamentos no Multibanco mal recebida pelos utilizadores
    2:42

    Economia

    Os bancos ameaçam passar a cobrar uma taxa sobre os levantamentos no Multibanco como forma de compensar a redução das comissões bancárias sobre os comerciantes. A hipótese, admitida ontem pelo presidente da Associação Portuguesa de Bancos, não está a ser bem acolhida pelos clientes, que não concordam com a medida porque consideram que já pagam muitas comissões aos bancos. Pelas contas da associação, o setor bancário pode perder cerca de 140 milhões de euros com esta medida.Os utilizadores consideram que, caso a medida seja posta em prática, poderá originar uma retração dos depósitos bancários.