Economia

BCE lança bolsas de estudo destinadas a mulheres

Ralph Orlowski

Candidaturas abertas até 19 de junho.

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou esta quarta-feira uma bolsa de estudo para mulheres que queiram obter um mestrado em economia, pretendendo promover a diversidade numa altura em que os homens ocupam a maioria dos cargos de direção.

A bolsa, num montante anual de 10.000 euros por pessoa, destina-se a cobrir as despesas de estudos e outros gastos inerentes e será atribuída no máximo a cinco estudantes provenientes de meios desfavorecidos, segundo o BCE.

As candidaturas podem ser feitas até 19 de junho e a bolsa inclui também uma visita de estudo ao BCE e a orientação por parte de um economista dessa entidade.

Depois de concluída a formação, as bolsistas podem candidatar-se a um estágio no BCE.

"Queremos ser uma organização na qual a diversidade é bem-vinda e apreciada pela riqueza que oferece", declarou o presidente do BCE, Mario Draghi, citado no comunicado.

O BCE comprometeu-se no início de 2018 a intensificar os seus esforços para proporcionar oportunidades de carreira às mulheres.

Lusa

  • Palestinianos boicotam cimeira organizada pelos EUA no Bahrein
    2:50
  • André Rieu fez um vídeo para os fãs portugueses
    0:38