Economia

Desde 2014 que o Governo não aprova as contas apresentadas pela CP 

Informação é avançada pelo jornal Económico.

Publicação adianta que, desde que António Costa tomou posse, as contas da transportadora ferroviária nunca foram aprovadas, ou rejeitadas, pelo Ministério das Finanças e pelo Ministério do Planeamento e das Infraestruturas.

O jornal sublinha que esta é uma situação inédita na história do setor empresarial do Estado.

O último relatório e contas da empresa mostra que a CP tem vindo a acumular resultados líquidos negativos no final do ano passado ultrapassavam os 2 mil milhões de euros.