Economia

Manuel Pinho vai ser ouvido esta terça-feira no caso das rendas da EDP

ANTÓNIO COTRIM

É suspeito de ter favorecido a EDP e de ter recebido contrapartidas pagas pelo saco azul do GES quando era governante.

Manuel Pinho é esperado esta terça-feira no DCIAP - Departamento Central de Investigação e Ação Penal - para ser interrogado no âmbito da investigação no chamado caso das rendas da EDP. O ex-ministro da Economia deverá comparecer ao interrogatório mas é pouco provável que responda às perguntas dos procuradores do Ministério Público.

Há mais de dois anos que Manuel Pinho insiste que não é arguido no processo. O Tribunal da Relação já confirmou esse estatuto, mas a defesa recorreu novamente para o Tribunal Constitucional.

Manuel Pinho é suspeito de ter favorecido a EDP quando era ministro da Economia e de ter recebido contrapartidas pagas pelo saco azul do GES quando também era governante.