Economia

Portugal volta ao mercado para emitir até 1.250 M€ de dívida

Francisco Seco

No mais recente leilão comparável Portugal conseguiu juros ainda mais baixos que o leilão anterior e a procura foi ainda maior que a oferta.

Portugal volta hoje ao mercado para emitir até 1.250 milhões de euros em Obrigações do Tesouro (OT) a cerca de 10 e 15 anos.

Segundo o IGCP - Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública, as OT que serão hoje leiloadas têm maturidade em 15 junho de 2029 (cerca de 10 anos) e em 18 de abril de 2034 (cerca de 15 anos) e o montante indicativo global situa-se entre 1.000 e 1.250 milhões de euros.

No último leilão comparável de OT a 10 anos, em 10 de julho, Portugal colocou 753 milhões de euros em OT com maturidade em 15 de junho de 2029 (cerca de 10 anos) à taxa de juro de 0,510%, um novo mínimo de sempre, abaixo da registada em 12 de junho, 0,639%, anterior mínimo histórico, tendo a procura atingido 1.188 milhões de euros, 1,58 vezes o montante colocado.

Já no mais recente leilão comparável de OT a 15 anos, em 12 de junho foram colocados 625 milhões de euros de títulos de dívida com maturidade em 18 de abril de 2034 (cerca de 15 anos) à taxa de juro de 1,052%, abaixo da do anterior leilão comparável de 08 de maio, em que foram colocados 450 milhões de euros à taxa de juro de 1,563%. Neste leilão de OT a 15 anos, a procura ultrapassou em 1,63 vezes a oferta.

  • Saiba quais são os medicamentos que contêm ranitidina
    0:53