Economia

Número de pré-avisos de greve é o mais alto dos últimos quatro anos

O aviso onde se lê "Escola Encerrada" colado no portão da entrada da Escola Marquesa de Alorna, durante a greve nacional de trabalhadores da administração pública.

MÁRIO CRUZ

Valores estão longe dos que se registaram durante o governo de Passos Coelho.

2019 é já o ano com mais pré-avisos de greve dos últimos quatro.

Os dados oficiais mostram que entre janeiro e outubro entraram Ministério do Trabalho e da Segurança Social 781 pré-avisos, um número que ultrapassa o total registado em 2016, 2017 e 2018.

Só em outubro, mês em que se realizaram as legislativas, houve 93 pré-avisos, o que não acontecia há sete anos.

Ainda assim, são valores que estão muito longe dos que se registaram durante o governo de Passos Coelho. Entre 2012 e 2013 houve no conjunto mais de três mil pré-avisos de greve.