Economia

Edenred sofre ataque informático e aplica contramedidas para evitar novas infeções

Valentyn Ogirenko

A plataforma de intermediação da Edenred liga 50 milhões de funcionários e dois milhões de comerciantes parceiros.

A Edenred sofreu, na quinta-feira, um ataque 'malware' nos seus sistemas de tecnologia de informação, tendo já implementado contramedidas e contactado as autoridades e reguladores, anunciou hoje a empresa responsável pela emissão de cartões de refeição.

"A Edenred S.A. anuncia que, em 21 de novembro de 2019, foi exposta a uma 'infeção' por 'malware' nos seus sistemas de tecnologia da informação. A Edenred ainda está a investigar a extensão do ataque", indicou, em comunicado, a empresa.

De acordo com a mesma fonte, após a deteção do problema, foram implementadas, "imediatamente, contramedidas", de modo a evitar novas 'infeções'.

"A Edenred está comprometida em utilizar todos os meios disponíveis para proteger as suas operações e informações de cliente. E, para o efeito, já foram contactadas as autoridades e reguladores governamentais relevantes", concluiu.

O 'malware' consiste num 'software' criado para perturbar ou danificar dispositivos, sistemas ou redes.

A plataforma de intermediação da Edenred liga 50 milhões de funcionários e dois milhões de comerciantes parceiros, através de 830 mil clientes corporativos, em 46 países.

Lusa