Economia

Dia negro nos mercados financeiros

As previsões pessimistas da FED e a perspetiva de uma segunda vaga de Covid-19 assustaram os investidores

O medo regressou aos mercados financeiros. As bolsas com a maior queda desde março.

As previsões pessimistas da reserva federal norte-americana e a perspectiva de uma segunda vaga de Covid-19 assustaram os investidores

A reserva federal disse hoje que prevê uma recessão de 6,5% na economia norte-amerciana e foi o suficiente para afundar o preço do petróleo.

O crude nos Estados Unidos esteve a cair mais de 10% e o brent, que serve de referência às importações portuguesas, perdeu 7%

Nas bolsas, o índice das 600 maiores empresas da Europa sofreu a maior queda desde março.