Economia

Tap quadriplica prejuízos

Companhia aérea teve prejuízos de quase 400 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano.

No primeiro trimestre de 2020, a TAP registou 395 milhões de euros de prejuízos, que comparam com os prejuízos de 107 milhões de euros no mesmo período do ano passado.

A companhia explica que sem o impacto da pandemia e das diferenças de câmbio, os prejuízos teriam sido menos de metade. A TAP justifica que sem estes dois fatores os prejuízos teriam ficado em 170 milhões de euros.

Desde o início da pandemia, a TAP suspendeu e adiou investimentos não urgentes, a contratação de novos trabalhadores e renegociou contratos e prazos de pagamento a fornecedores.

Governo prepara plano para nacionalizar a TAP

O Governo está a preparar um plano para nacionalizar a TAP. O Estado ameaça assim tomar conta da companhia áerea depois dos privados recusarem as condições do empréstimo de 1.200 milhões de euros.

O ministro das Infraestruturas avisou esta amanhã que o fim da empresa seria um desastre económico e social e admitiu depois: "Se o privado não aceitar estas condições, temos de intervir com uma nacionalização".

O Expresso noticiou esta terça-feira que o Estado pode nacionalizar a TAP, depois ter falhado o acordo entre o Estado e acionistas privados.