Economia

Tesla torna-se construtor automóvel mais valioso em bolsa

Stephen Lam

Títulos da empresa liderada por Elon Musk dispararam, passando de 430 dólares por ação para cerca de 1.100 dólares.

A empresa norte-americana de veículos elétricos Tesla superou esta quarta-feira a Toyota e tornou-se no fabricante de automóveis com maior valor em bolsa em todo o mundo.

As ações da Tesla subiam quase 5% pouco mais de uma hora após o início da sessão em Wall Street, elevando a capitalização bolsista da empresa para 210 mil milhões de dólares (cerca de 186,5 mil milhões de euros), acima dos cerca de 203 mil milhões do fabricante japonês.

Ao longo deste ano, os títulos da empresa liderada por Elon Musk dispararam, passando de 430 dólares por ação para cerca de 1.100 dólares, valor registado esta quarta-feira.

Valorização de mais de 4.000% em 10 anos

Em dez anos, a empresa californiana teve uma valorização de mais de 4.000% e os seus títulos não pararam de subir durante a pandemia, para surpresa de alguns observadores.

Nos próximos dias, a empresa deve divulgar os resultados relativos ao segundo trimestre e os dados das suas vendas de automóveis.

No primeiro trimestre deste ano, a Tesla registou lucros de 16 milhões de dólares, após ter alcançado receitas de 5.985 milhões de dólares, 32% acima do que tinha atingido entre janeiro e março de 2019.

A empresa produz atualmente meio milhão de veículos por ano, quando a Toyota fabrica mais de 10 milhões.