Economia

Carruagens compradas à Renfe. Ministro fala em "negócio muito bom" para a CP 

As carruagens vão ser intervencionadas e devem estar prontas no início de 2021 para a linha do Minho. 

O ministro das Infraestruturas quer apostar na ferrovia nacional e comprar comboios novos para resolver problemas como o da linha de Sintra.

No entanto, enquanto não é possível lançar os concursos, Pedro Nuno Santos congratula a CP pelo negócio feito com a espanhola Renfe, com a compra de 51 carruagens por 1 milhão e 650 mil euros.

Para ficarem como novas, vão precisar de uma intervenção de 7 milhões de euros.

As primeiras carruagens têm já destino marcado para a inauguração da linha eletrificada do Minho, no início do próximo ano. Vão ser usadas nos serviços regionais e de longo curso, mas não estão aptas para as linhas urbanas.