Economia

Carlos Costa defende compra de ativos tóxicos nos bancos para vencer a crise

ANTÓNIO COTRIM

Governador do Banco de Portugal está preocupado com o futuro dos bancos.

Carlos Costa está preocupado com o impacto da crise pandémica nos bancos portugueses e europeus.

O ainda governador do Banco de Portugal defende num artigo de opinião enviado à Reuters, que será necessária a compra de ativos tóxicos nos bancos para vencer a crise.

Carlos Costa refere que há o risco de o impacto económico deixar marcas duradouras se não houver coordenação na resposta. Sublinha ainda que o foco deve estar em impedir a crise de liquidez nas empresas, antes que evolua para a insolvência.