Economia

Conselho Europeu. Presidente apresenta nova proposta que pode acabar em acordo

Conselho Europeu. Presidente apresenta nova proposta que pode acabar em acordo

Charles Michel está confiante num possível entendimento.

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, revelou que vai apresentar este segunda-feira ao início da noite aos líderes dos 27 uma nova proposta sobre o plano de relançamento europeu, manifestando-se convicto de que é possível fechar um acordo.

Após ter sido alcançado na última madrugada um acordo de princípio sobre o Fundo de Recuperação, que ainda falta formalizar, os chefes de Estado e de Governo dedicar-se-ão agora às negociações sobre o outro pilar do plano de relançamento, o orçamento da União para os próximos sete anos, numa sessão de trabalho cujo início tem vindo a ser sucessivamente adiado, mas que deverá começar em breve.

Charles Michel disse ter noção de que "as últimas etapas [Notes:das negociações] são sempre as mais difíceis, mas garantiu estar "confiante" e "convicto de que é possível um acordo", designadamente em torno do Quadro Financeiro Plurianual da União para 2021-2027, em torno de 1 bilião de euros.

O que prevê o acordo de princípio?

O acordo de princípio prevê que o Fundo tenha uma dotação global de 700 mil milhões de euros, contra os 750 mil milhões inicialmente previstos, com 390 mil milhões dos fundos a serem prestados através de transferências a fundo perdido, neste caso um corte bastante mais significativo comparativamente à proposta original, que contemplava 500 mil milhões de euros em subvenções.

Ainda assim, o primeiro-ministro português, António Costa, considerou hoje que se trata de um "bom acordo", e que garantirá a Portugal uma verba de 15,3 mil milhões de euros.