Economia

Bancos põem 700 M€ de lado para enfrentar a crise

Banca regista quebras nos lucros entre os 30% e os 70% por causa da pandemia. Novo Banco e Montepio com prejuízos.

A pandemia encolheu os lucros dos bancos, que foram obrigados a pôr de lado 700 milhões de euros para fazer face à crise.

A Caixa Geral de Depósitos foi a instituição que mais constituiu imparidades, quase 156 milhões de euros, mas foi também o banco com maiores lucros, de 240 milhões de euros. A maior quebra nos resultados líquidos foi a do BPI, que caiu 68% para os 83 milhões de euros.

Em pior situação está o Montepio e o Novo Banco, com resultados a vermelho nos primeiros seis meses do ano. A instituição liderara por António Ramalho agravou os prejuízos em 39% para os 555 milhões de euros e já avisou que vai precisar de uma nova injeção de capital do Fundo de Resolução, no valor de 176 milhões de euros.

Já o Montepio passsu de lucros a prejuízos no primeiro semestre, depois de colocar de parte 109 milhões de euros para fazer face à crise provocada pelo novo coronavírus.

VEJA MAIS NO ESPECIAL NOVO CORONAVÍRUS

As notícias mais recentes em https://sicnoticias.pt/ultimas



  • 34:18