Economia

Cerca de 40% dos negócios de hotelaria e restauração despediram funcionários durante a pandemia

Restaurantes estão de portas abertas, mas as mesas estão vazias.

Desde o início da pandemia, quase metade das empresas de restauração e alojamento turístico foram obrigadas a despedir funcionários.

São resultados de um inquérito da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal que pede ao Governo medidas urgentes para o setor.

  • Confidentes de alunos e cúmplices de professores: o braço contínuo

    País

    Chamam-lhes “funcionários” porque funcionam. A expressão até parece sugerir que eles são os únicos que “funcionam”, dentro de uma escola. Acalmem-se os tolos. Significa apenas que os “assistentes operacionais”, ou “auxiliares de ação educativa”, títulos mais pomposos do que “contínuos” – expressão que estimo muito - são pau para toda a colher.

    Opinião

    Rui Correia

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros