Economia

Moratórias de crédito à habitação a chegar ao fim. O que pode fazer para evitar o incumprimento

Saiba quais são os conselhos da DECO.

A partir de abril, milhares de famílias vão ter de retomar o pagamento do crédito à habitação. As moratórias privadas dos bancos vão terminar a 31 de março e a DECO teme um aumento dos incumprimentos.

Com a perda de rendimentos por causa da pandemia, esta prestação pode significar um peso acrescido no orçamento das famílias. A DECO aconselha a que se fale com os bancos para evitar o incumprimento, como explicou à SIC Natália Nunes.

As famílias que não conseguirem suportar os custos podem comunicar essa dificuldade ao banco para negociar as condições ou aderir à moratória do Estado, que suspende os créditos até setembro.

O Banco de Portugal revela que, em maio do ano passado, havia 300 mil créditos à habitação suspensos entre moratórias públicas e privadas.

  • O bicho homem em quatro episódios

    Opinião

    Gostava muito de partilhar o otimismo de Attenborough e de Bregman. Mas depois há episódios como o da Superliga. Ou o das vacinas concentradas no hemisfério Norte. E a esperança esvai-se. Como as superfícies geladas do Ártico no verão.

    Cristina Figueiredo