Economia

Preço de venda de imóveis subiu em Aveiro

Sérgio Campos

Sérgio Campos

Repórter de Imagem

Aveiro é, depois de Braga, o distrito onde mais subiu o preço médio da venda de imóveis para habitação nos primeiros três meses deste ano. Um aumento de 15,2%, revela a plataforma Casafari, que agrega ofertas de imóveis.

O preço médio da venda de imóveis subiu no primeiro trimestre deste ano, principalmente nos distritos de Braga e de Aveiro.

Na cidade de Aveiro, o setor imobiliário não sentiu o impacto da pandemia. Na maioria dos casos, ainda a construção não terminou e já os apartamentos estão todos vendidos.

Já foram mais os estrangeiros a comprar, mas agora o mercado de imóveis mexe graças ao investidor nacional.

Aveiro é, depois de Braga, o distrito onde mais subiu o preço médio da venda de imóveis para habitação nos primeiros três meses deste ano. Um aumento de 15,2%, revela a plataforma Casafari, que agrega ofertas de imóveis.

No arrendamento há procura, mas é maior a oferta disponível, com a ajuda dos alojamento locais transformados em alugueres anuais.

Em Aveiro, as quebras sentem-se mais, tal como no resto do país, na venda e aluguer de lojas e escritórios, consequência da pandemia e do teletrabalho.