Economia

Trabalhadores das indústrias farmacêuticas pedem aumentos salariais

Os sindicatos da indústria farmacêutica entregaram esta manhã um comunicado aos trabalhadores a denunciar a disparidade entre os lucros das empresas e os baixos salários. Exigem um aumento de 90 euros, mas a proposta das empresas é de apenas 10 euros.

Há cerca de 5 mil trabalhadores nas 13 principais produtoras de medicamentos, que recebem, em média, 800 euros por mês, um valor que consideram ser insuficiente tendo em conta a responsabilidade do trabalho.

A federação sindical Fiequimetal esteve esta quinta-feira numa ação de denúncia junto dos trabalhadores para denunciar os baixos salários.

Segundo estes sindicatos, as empresas da indústria farmacêutica tiveram 207 milhões de euros em lucros nos últimos 3 anos, o que não se tem refletido em aumentos salariais.

A federação sindical Fiequimetal vai voltar a reunir-se com a Apifarma no dia 12 de abril, para discutir a atualização salarial.