Economia

Sindicato denuncia pedidos da TAP para que pilotos efetuem voos em dias de folga

Considera incoerente que a empresa diga que tem pilotos a mais.

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil denunciou pedidos da TAP para que alguns trabalhadores efetuem voos em dias de folga. Considera incoerente que a empresa diga que tem pilotos a mais. Já a TAP refere que é imprevisível operar em pandemia.

Os pilotos tiveram de cortar 50% nos vencimentos, diz o sindicato, para manterem o contingente mínimo de 1.200 trabalhadores e garantem que a empresa aérea alegou só precisar de 895. E acrescenta que não se compreende que a TAP afirme ter pilotos em excesso e ao mesmo tempo peça para trabalharem em dias de folga, sendo por isso inaceitável que peça isso a alguns pilotos, ao mesmo tempo que coage outros a sair.

A TAP admite que os cancelamentos, ajustes e novos voos têm tido impacto nas folgas, mas garante que esses dias são integralmente repostos. A transportadora aérea portuguesa adianta que o planeamento dos pilotos é feito com antecedência e que têm tido muito pouca atividade, inúmeros dias livres, além das folgas.

  • 1:21