Economia

Herdade do Vale do Feitoso vendida a empresa espanhola

Filipe Barbosa

Filipe Barbosa

Repórter de Imagem

O Tribunal do Fundão já autorizou a venda da Herdade do Vale Feitoso, em Penha Garcia, concelho de Idanha-a-Nova, propriedade que faz parte da massa insolvente dos bens do Grupo Espírito Santo. A nova dona da herdade é uma empresa espanhola.

O contrato de compra e venda da Herdade do Vale do Feitoso, deverá ser assinado nas próximas semanas, depois do Tribunal do Fundão ter dado luz verde à aquisição da maior propriedade privada do país que ficou conhecida como uma espécie de feudo da família Salgado que a utilizava para festas e caçadas com os amigos.

7 mil e 300 hectares de terreno, dos quais mil e 200 de reserva de caça turística, foram comprados pela empresa espanhola Vestain Spain por 20,7 milhões de euros, valor muito abaixo ao fixado em leilão que, no início do processo, começou por ser de 36 milhões e meio de euros, preço que foi sendo reduzido em virtude de as propostas dos interessados não se aproximarem sequer desse montante.

Decorridas quatro tentativas para a venda da herdade votada ao abandono desde final de 2018, a propriedade acaba por ser adquirida pelo grupo espanhol depois de um complexo processo judicial que exigiu a aprovação do negócio por parte do Novo Banco, credor em mais de 53 milhões de euros, e a decisão final favorável do Ministério Público, uma vez que os proveitos resultantes da venda ficarão arrestados à ordem do processo-crime que tem Ricardo Salgado como um dos arguidos.