Economia

Banco Central Europeu vai integrar alterações climáticas na sua política monetária

Kai Pfaffenbach

O BCE iniciou a revisão da sua estratégia de política monetária no início de 2020, mas teve de adiá-la devido à pandemia da covid-19.

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou esta quinta-feira que vai "integrar mais" as alterações climáticas nas decisões de política monetária, uma prioridade consagrada na sua nova estratégia.

A instituição quer "integrar mais as considerações relativas às alterações climáticas no seu quadro de ação", nomeadamente na compra de dívida de empresas e na comunicação e avaliação de riscos", indicou o BCE em comunicado.

O BCE iniciou a revisão da sua estratégia de política monetária no início de 2020, mas teve de adiá-la devido à pandemia de covid-19 e em vez de publicar os resultados no final do ano passado indicou que o faria na segunda metade deste ano.