Economia

PRR português aprovado pelos ministros das Finanças

Alexander Spatari

Susana Frexes

Susana Frexes

Correspondente SIC em Bruxelas

Conselho Ecofin aprova plano português de 16,6 mil milhões de euros.

Depois da validação da Comissão Europeia, o plano nacional de recuperação português recebe a luz verde dos ministros das finanças dos 27. No total, foram esta terça-feira aprovados doze PRR, incluindo o espanhol, alemão e o francês.

A aprovação dos ministros é fundamental e permite finalmente que Comissão Europeia possa avançar com a primeiras transferência para os cofres nacionais ainda durante o mês de julho. A primeira tranche do plano português vale mais de dois mil milhões de euros, dos quais cerca de mil e oitocentos milhões são a fundo perdido.

Os doze países que já têm o PRR aprovado podem agora começar a assinar os acordos para receber as subvenções e os empréstimos. É a última fase burocrática antes das transferências para os cofres nacionais. Bruxelas tem até dois meses para transferir o dinheiro do pré-financiamento, mas de acordo com um porta-voz da Comissão Europeia, o dinheiro deverá começar a ser transferido ainda este mês.

Veja também: