Economia

Banco de Fomento apoiou cerca de 10.500 empresas no primeiro semestre

Instituição garantiu até junho financiamentos de 1.682 milhões de euros, disponibilizou 44,5 milhões através de instrumentos de capitalização e aprovou outros 8,7 milhões de euros em instrumentos de dívida

O Banco Português de Fomento (BPF) apoiou cerca de 10.500 empresas portuguesas no primeiro semestre do ano, segundo comunicado divulgado esta quinta-feira pela instituição.

O apoio às empresas foi feito por três vias. Primeiro, "através de linhas com garantia pública, o BPF mobilizou 1.331 milhões de euros em garantias emitidas" o que, graças aos efeitos multiplicadores do produto, possibilitaram o "financiamento de 1.682 milhões de euros a mais de 10.000 empresas portuguesas, que asseguram emprego a cerca de 66 mil trabalhadores".

De entre as linhas de apoio à economia, lançadas por causa da pandemia, o BPF tem 32 produtos em vigor neste segmento, aos quais corresponde uma dotação superior a 5,6 mil milhões de euros.

Depois, "no que diz respeito aos instrumentos de capital, o BPF terminou a primeira metade do ano 2021 com 13 produtos ativos nesta área, tendo investido em 46 empresas, assegurando a criação de mais 535 novos postos de trabalho".

Entre janeiro e junho foram aprovadas "60 operações de capitalização em empresas, que correspondem a um investimento total de 44,5 milhões de euros, dos quais o BPF alocou 16,2 milhões euros".

"De salientar que neste período foram registadas operações de desinvestimento em 44 empresas, num montante total de 31,1 milhões de euros", indica ainda a nota.

Além disso, "na tipologia de instrumentos de dívida ou financiamento, o BPF apoiou 11 empresas, através de 11 operações de financiamento que, na sua totalidade, ascenderam a 8,7 milhões de euros de financiamento aprovado contribuindo para a criação e manutenção de pelo menos 221 postos de trabalho". A instituição estima que este segmento tenha tido um possível impacto na economia portuguesa de 17,3 milhões de euros.

"O BPF tem em operacionalização, à data de hoje [22 de julho], 46 produtos sob gestão com uma dotação global total superior a 6,7 mil milhões de euros", conclui o comunicado.

O Banco Português de Fomento foi criado o ano passado tendo como missão "fomentar a modernização das empresas e o desenvolvimento económico e social, designadamente colmatando falhas de mercado ou situações de necessidade de otimização de investimento e promovendo a sustentabilidade e a coesão económica, social e territorial em Portugal".