Economia

Novo Banco. PS e PSD trocam acusações e responsabilidades na discussão do relatório

CDS lamenta que o trabalho feito pelo inquérito parlamentar acabe numa narrativa que não espelha o que aconteceu.

Os deputados começaram, esta segunda-feira, a discutir as alterações ao relatório da comissão de inquérito ao Novo Banco.

PS e PSD voltaram a trocar acusações sobre as responsabilidades de cada um no momento da criação e da venda da instituição financeira.

O documento mereceu críticas de quase todos os partidos: só o PSD apresentou 114 propostas de alteração, o que causou surpresa ao PS. Os dois partidos empurram responsabilidades.

Já o CDS lamenta que o trabalho feito no inquérito parlamentar acabe numa discussão política e numa narrativa que não espelha o que aconteceu.

Fernando Anastácio, o deputado relator do documento, mostrou-se disponível para acolher algumas propostas de alteração dos partidos, mas muito dificilmente as 43 páginas do relatório terão uma aprovação consensual.

Veja mais: