Economia

Vista Alegre Atlantis reduz prejuízo para meio milhão de euros no primeiro semestre

A empresa portuguesa diminuiu as perdas nos primeiros seis meses do ano face ao período homólogo e alcançou um resultado positivo operacional de 1,8 milhões de euros.

O prejuízo do grupo Vista Alegre Atlantis recuou para 496 mil euros nos primeiros seis meses de 2021, uma queda de 85% face ao mesmo período de 2020, reportou a empresa de porcelanas e cristais esta terça-feira.

Os resultados operacionais foram positivos no semestre, alcançando os 1,8 milhões de euros, face a perdas operacionais de 2 milhões de euros no período homólogo.

Em 2020, ano de perturbações generalizadas no comércio mundial, a empresa interrompera quatro anos seguidos de lucros ao apresentar prejuízos de 2,1 milhões de euros e uma queda de 83% do resultado operacional.

O volume de negócios subiu 16,5% no primeiro semestre para os 49,6 milhões de euros, um crescimento homólogo "suportado principalmente no crescimento das vendas nos segmentos da porcelana e da faiança", segundo comunicado da empresa à CMVM. A exportação representou 84,2% deste valor.

"Os novos contratos de fornecimento garantidos no primeiro trimestre de 2021 num valor superior a 20 milhões de euros, aliados à existente e dinâmica carteira de encomendas da sua vasta rede de distribuição, tiveram um impacto positivo na atividade do segundo trimestre e antecipam um segundo semestre de contínua recuperação", detalha o documento.

O EBITDA, ou resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações, foi de 8,1 milhões de euros no semestre, quase duplicando face ao EBITDA do período homólogo, que se ficou nos 4,1 milhões de euros.