Economia

Trabalhadores da Saint-Gobain em novo protesto contra o despedimento coletivo

A Saint-Gobain deverá encerrar em Portugal e mudar-se para outros países.

Cerca de 100 trabalhadores da vidreira Saint-Gobain protestaram esta manhã junto ao Ministério do Trabalho. A fabricante, única em Portugal, está na iminência de fechar portas.

A Saint-Gobain é a única fábrica do país de transformação de vidro para a indústria automóvel e os trabalhadores contestam o encerramento.

A empresa sediada em Santa Iria da Azóia, em Loures, será substituída por um armazém logístico de recolha e expedição de produtos. Uma realidade que irá deixar cerca de 200 pessoas no desemprego.

O anúncio do encerramento foi feito no final do mês passado e nos planos da empresa está uma mudança para outros países, como é o caso de Marrocos, onde os custos são menores.