Economia

Jovens portugueses recebem salários mais baixos e divergem cada vez mais dos da população adulta

Paulo Marques, do Observatório do Emprego Jovem, considera que serão necessárias medidas para valorizar o trabalho em vários setores.

O coordenador do Observatório do Emprego Jovem diz que os jovens portugueses se deparam com salários mais baixos e, por isso, serão necessárias medidas para valorizar o trabalho em vários setores da atividade.

Na Edição da Manhã desta segunda-feira, Paulo Marques considera que os jovens debatem-se com "salários que divergem cada vez mais dos salários da população adulta", em todas as áreas. O coordenador avisa que, os setores que atraem emprego estão estagnados.

"Agora que nós estamos num período de retoma, temos de definir complementaridade das políticas públicas que nos permita dar esse salto", considera o coordenador do Observatório do Emprego.

Esta segunda-feira, serão apresentados dois relatórios com os principais dados que caracterizam o emprego jovem no país.

VEJA TAMBÉM: