Economia

Agricultura, construção civil, hotelaria e restauração estão com falta de trabalhadores

Loading...
Solução pode estar na imigração. 

Os setores da agricultura, construção civil, hotelaria e restauração estão a sofrer com a falta de mão-de-obra. A solução pode estar na imigração.

Na construção civil faltam 80 mil trabalhadores. O setor pede que se aposte na formação para atrair e qualificar os profissionais e que seja alterada a legislação relativa aos vistos.

Em declarações à Lusa, o diretor-geral da Gesconsult, que gere e fiscaliza obras, defende a criação de incentivos para trabalhadores que estão fora do país.

Na hotelaria e na restauração, o cenário é idêntico. O turismo atinge níveis pré-pandemia, mas o número de trabalhadores não acompanha o crescimento do setor. Está com menos 61 mil postos de trabalho do que registava há 2 anos e meio.

As incertezas trazidas pela covid-19 fizeram com que muitos fossem para outras áreas.

Também aqui, a imigração pode ser a solução. A Associação de Hotelaria e Restauração diz que é preciso agilizar os vistos para os imigrantes, nomeadamente provenientes da Comunidade de Países de Língua Portuguesa.

A agricultura recuperou trabalhadores, mas mesmo assim, ainda faltam cerca de 5 mil.

O presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal diz que o Estado tem ignorado o potencial da agricultura na criação de riqueza e de postos de trabalho. A colheita de frutos e hortícolas, é onde mais falta mão-de-obra.

Últimas Notícias
Mais Vistos