Economia

Empresário teme ter de fechar supermercados devido ao aumento do preço da energia

Loading...
Enquanto que a fatura de maio de um dos supermercados rondou os dois mil euros, a fatura de agosto ultrapassa os 7.500 euros.

O preço da energia é um dos maiores motivos de preocupação para famílias e empresas. Pode haver casos em que a contra vai triplicar num ano, o que significa um golpe potencialmente fatal.

É o caso de um empresário que está em risco de fechar dois supermercados e despedir os trabalhadores.

Se a fatura de maio de um dos supermercados de Eduardo Santos rondou os dois mil euros, ainda sem os valores do mecanismo de ajuste ibérico, a fatura de agosto ultrapassa os 7.500 euros, sendo que destes, 2.500 são devidos ao mecanismo.

O restante é explicado por um aumento no preço da eletricidade e nas taxas e impostos que foram cobrados.

Últimas Notícias
Mais Vistos