Economia

Nord Stream deverá voltar a fornecer gás à Europa este sábado

Nord Stream deverá voltar a fornecer gás à Europa este sábado
Michael Probst
Fornecimento está interrompido devido a trabalhos de manutenção.

A Rússia parece pronta a retomar no sábado o fornecimento de gás à Europa através do Nord Stream, após uma curta pausa para manutenção, segundo dados divulgados esta sexta-feira pelo operador do gasoduto.

A reabertura será um alívio para vários países europeus, mas sem pôr fim aos receios de novas interrupções no inverno neste gasoduto que liga a Rússia ao norte da Alemanha.

As ordens de expedição, publicadas no site da empresa Nord Stream, indicam que o fornecimento deverá recomeçar a partir das 02:00 locais a 20% da capacidade normal, ou seja, o mesmo nível que tinha antes dos trabalhos de manutenção.

Os trabalhos começaram na passada quarta-feira e o grupo russo Grazprom justificou a suspensão nas entregas de gás com a necessidade de manutenção numa estação de compressão da conduta, situada na Rússia.

No contexto de guerra na Ucrânia, a energia tem estado no centro de um braço-de-ferro entre Moscovo e os países ocidentais, que acusam a Rússia de utilizar o gás "como uma arma".

Um responsável alemão considerou a interrupção desta semana como "incompreensível no plano técnico".

A Gazprom tem reduzido o gás fornecido via Nord Stream nos últimos meses e em julho já tinha feito trabalhos de manutenção durante 10 dias, tendo depois retomado as entregas com um nível mais limitado.

Para compensar as quantidades em falta, os países europeus tentam encontrar outros fornecedores e reduzir o consumo, numa altura em que os preços do gás disparam nos mercados.

Últimas Notícias
Mais Vistos