Economia

Apoios às famílias: que medidas esperar do Conselho de Ministros?

Loading...

Rendas podem subir quase 5,5% no próximo ano.

Do Conselho de Ministros desta segunda-feira são esperadas também medidas para limitar a subida das rendas no próximo ano. A decisão deve passar por colocar um teto máximo a esse aumento ou então compensar os inquilinos com apoios às famílias.

Tudo indica que, no próximo ano, as rendas subam quase 5,5%. Se nada for feito, será a maior subida em quase 30 anos. Mas o Governo estará a ponderar duas opções.

O comentador da SIC Luís Marques Mendes garante que o Governo vai intervir na subida das rendas para limitar ou compensar esse aumento.

Será uma das medidas que deverá sair do Conselho de Ministro desta segunda-feira e que fará parte do pacote de emergência contra a inflação.

Todos os anos as rendas são atualizadas, mas o valor tem sido muito mais baixo. Este ano, por exemplo, foi de 0,43%. Por causa disso, muitos senhorios têm optado por nem mexer nas rendas.

A inflação muda agora o cenário. A manter-se a subida esperada de 5,43%, uma renda de 500 euros pode subir quase 30 e uma prestação de mil pode ficar 54 euros mais cara.

Últimas Notícias
Mais Vistos