Economia

Atribuição de apoio a reformados bancários "depende das situações", admite ministra

Loading...
Os sindicatos admitem recorrer ao Tribunal Constitucional.

Mais de 20 mil reformados não vão receber o bónus da meia pensão anunciada pelo Governo no próximo mês. Os trabalhadores bancários que, na maioria, não descontam para o sistema de pensões do Estado ficam de fora.

Pelo menos 22 mil reformados, que não estão no regime da Segurança Social ou descontam apenas uma parte do salário do sistema, não são abrangidos pelo apoio do Governo.

"As situações são diferentes, naturalmente em função das situações das pessoas. Há pessoas que não estão abrangidas pelo sistema providencial da Segurança Social", admite a ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho.

Mas "todos os pensionistas que estão abrangidos pelo sistema previdencial da Segurança Social e também pela Caixa Geral de Aposentações são abrangidos pela medida", realçou Ana Mendes Godinho, referindo que está agendada uma reunião para terça-feira com os sindicatos sobre esta matéria onde o assunto "ficará esclarecido".

Os sindicatos dizem não admitir que os reformados sejam objeto de segregação social e querem que a questão chegue ao Tribunal Constitucional.

Últimas Notícias
Mais Vistos