Economia

Adega cooperativa paga mais pelas uvas em ano difícil e de menor produção de vinho

Loading...
Vinho vai ficar mais caro para o consumidor.

A adega cooperativa de Mangualde decidiu aumentar 10 por cento o valor a pagar aos agricultores pelas uvas para minimizar o impacto do aumento dos custos de produção. Uma consequência imediata é um aumento do preço do vinho para o consumidor final.

As uvas entram nos talhões a bom ritmo na adega de Mangualde. O resultado final do trabalho na lavoura só daqui a tempos se saberá se foi o esperado. Mas o ano vitivinícola tem já uma certeza.

Para rebater este impacto nos pequenos produtores, esta cooperativa já assumiu o compromisso de aumentar 10 por cento o pagamento aos agricultores, aumento que terá de se refletir também no preço final.

Da qualidade do vinho, o mercado não se poderá queixar, apesar do ano difícil e da menor produção.

O setor vitivinícola continua a pedir um plano de intervenção específico sob pena de se perder os chamados pequenos produtores.

Últimas Notícias